Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Livros & Chá Quente

Livros & Chá Quente

06
Jun13

[Novidades] TOPSELLER: Alex Cross: Perigo Duplo e Números: O Caos

Lilly
Imagem intercalada 1

Alex Cross: Perigo Duplo e Números: O Caos. Dois novos bestsellers que já chegaram às livrarias sob a chancela da... Topseller.

Alex Cross, protagonista da série policial mais vendida em todo o mundo, está de regresso às livrarias nacionais com Alex Cross: Perigo Duplo (18,79€). Trata-se do segundo livro desta série com 18 títulos já publicados nos EUA.

Depois Alex Cross, Maximum Ride1 e 2, Private e Confissões de uma Suspeita de Assasínio (Ed. Topseller), Escola 1 e 2 e Eu Cómico (Ed. Booksmile), a 20l20 Editora mantém a aposta no autor americano, cuja escrita está, sem dúvida, a cativar os leitores portugueses.

James Patterson já criou mais personagens inesquecíveis do que qualquer outro escritor da atualidade. É o autor dos policiais Alex Cross, os mais populares dos 25 anos dentro do seu género.

James Patterson é o autor que mais livros teve até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, segundo o Guiness World Records. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 275 milhões de exemplares, números que o tornam no autor que mais livros vende em todo o mundo. Mais de 3,7 milhões de fãs no Facebook.


Muitos filmes de categoria “A”, e séries de reconhecido sucesso mundial, foram baseados em obras literárias de igual êxito. E o potencial cinematográfico é, muitas vezes, reconhecido pela simples leitura de uma sinopse, sendo este precisamente o caso da coleção Números, cujos direitos para cinema já foram comprados.

Depois da excelente receptividade ao primeiro volume da trilogia, Números: Luta Contra o Tempo, já chegou às livrarias nacionais Números: O Caos (16,49€). A ficção fantástica está cada vez mais em voga, e Rachel Ward é uma autora de excelência neste género.


Inline image 1
22
Fev13

Novidades/Relançamentos de Fevereiro de 2013 - Bizâncio

Lilly
Novidades

Título: Descubra a Cabra Secreta que há em Si
Autor: Elizabeth Hilts
Colecção: Pequenos
Págs.: 240
Preço: Euros 11,79 / 12,50
Humor


SINOPSE: 
Há uma parte de cada uma de nós, uma parte bem importante, que muitas vezes não deixamos transparecer. É a cabra secreta. A cabra secreta diz o que pensa e pensa o que diz. É um ponto final definitivo no vício de sermos «boazinhas». Acabou-se o dizer sim quando se quer dizer não. Acabaram-se os becos sem saída sentimentais. A Cabra Secreta que há em Si é aquela parte integral e poderosa que impede que se esqueça de si nas suas relações profissionais, familiares, de amizade e especialmente quando se apaixona. Precisa de mudar o rumo da sua vida? Deixe A Cabra Secreta que há em Si guiá-la!




Relançamentos:

Título: O Que É a Arte?
Autor: Nigel Warburton
Colecção: Filosoficamente
Págs.: 188
Preço: Euros 12,86 / 13,63
Filosofia/Arte


Quando um artista manda para uma exposição um pavão vivo isso é Arte? O que é a Arte? Eis uma pergunta que muitos de nós gostaríamos de ver respondida. É esta questão que Nigel Warburton desmistifica neste livro. Com a sua habitual clareza, explica-nos teorias da arte — muito faladas e pouco entendidas — de autores como Clive Bell, Colingwood e Wittgenstein. E aborda ainda outras importantes questões como a intenção do artista, representação e emoção.

Um guia, estimulante e acessível, para o imenso puzzle da Arte. Gosta de Filosofia? Interessa-se pela Arte? Gosta apenas de observar quadros? Então este livro é para si.





Título: A Física do Futuro
SubtítuloComo a Ciência Moldará o Mundo nos Próximos Cem Anos
Autor: Michio Kaku
Colecção: Máquina do Mundo
Págs.: 464
Preço: Euros 15,09 / 16,00
Ciência

Em A Física do Futuro, Michio Kaku apresenta-nos uma esmagadora, apaixonante e provocadora visão do século que aí vem, com base nas entrevistas feitas a mais de trezentos cientistas que, neste momento, já estão a inventar o futuro nos seus laboratórios. 
O resultado é uma descrição plena de rigor científico sobre os desenvolvimentos que poderemos esperar na medicina, na informática, na inteligência artificial, na nanotecnologia, na produção de energia, etc. 

Em 2100, possivelmente, controlaremos os computadores com pequenos sensores no nosso cérebro e, como os mágicos, deslocaremos os objectos à nossa volta com o poder da mente. As nossas casas inundadas de inteligência artificial e as nossas lentes de contacto com Internet permitir-nos-ão aceder a toda a informação que queiramos, à escala mundial, e ficar na presença de quem desejarmos num piscar de olhos. Os automóveis conduzir-se-ão sozinhos, com GPS, deslocando-se em almofadas de ar, sobre campos magnéticos. Através da medicina molecular os cientistas poderão criar qualquer órgão do corpo humano e curar doenças genéticas. Milhões de pequenos sensores de ADN, e nanopartículas, patrulharão as nossas células sanguíneas procurando detectar os primeiros sinais de doença, e os avanços genéticos permitir-nos-ão abrandar ou mesmo reverter o processo de envelhecimento. A esperança média de vida alargar-se-á espantosamente. Naves espaciais usarão a propulsão a laser, e talvez seja até possível apanhar o elevador espacial, carregar no botão «para cima» e fazer uma visita ao espaço, depois de, em minutos, percorrer milhares de quilómetros. 

Porém, estas espantosas revelações são apenas a ponta do iceberg. Kaku fala-nos dos robôs que exprimem emoções, de visão de raio X, de foguetões de antimatéria e da capacidade de criarmos novas formas de vida. Aborda também o desenvolvimento da economia mundial e coloca algumas questões: quem serão, no futuro, os vencedores e os derrotados? Quem terá emprego? Que nações prosperarão? 
Simultaneamente, Michio Kaku explica-nos os rigorosos princípios científicos que estão subjacentes a estes progressos, qual a taxa provável a que progredirá esta ou aquela tecnologia, quão longe chegará, quais as limitações e obstáculos que terá de ultrapassar. Uma visão apaixonante, devidamente fundamentada, dos anos que nos esperam até 2100. 
A Física do Futuro é uma odisseia plena de desafios sobre os próximos cem anos e a sua emocionante revolução científica.



Título: Não me F**** o Juízo
Subtítulo: Crítica da Manipulação Mental
Autor: Colin McGinn
Colecção: Filosoficamente
ISBN: 978-972-53-0413-6 Código de Barras: 9 789 725 304 136
Págs.: 96
Preço: Euros 7,14 / 7,57
Filosofia


Uma coisa é estar rodeado de tretas. Outra completamente diferente é que nos f**** o juízo. A primeira é irritante, mas a segunda é violenta e invasiva (excepto quando consentida). Se alguém lhe manipular os pensamentos e as emoções, lixando-lhe a cabeça, é natural que fique ressentido: o indivíduo em questão distorceu as suas percepções, perturbou os seus sentimentos, talvez até lhe tenha usurpado o Eu. 
A psicofoda é um aspecto predominante da cultura contemporânea e o agente que a pratica tanto pode ser um indivíduo como todo um Estado, dos jogos de manipulação pessoais até à propaganda em grande escala. 

Em Não me F**** o Juízo, Colin McGinn investiga e clarifica este fenómeno. Da antiga Grécia a Shakespeare e às técnicas modernas de controlo de pensamento, McGinn reúne os componentes deste complexo conceito — confiança, logro, emoção, manipulação, crença falsa, vulnerabilidade — e explora a sua natureza.



19
Fev13

Novidades - Editorial Estampa

Lilly

Novidades/Reimpressões/Relançamentos

A primeira edição de O Livro dos Espíritos foi lançada em Paris, a 18 de Abril de 1857. É uma das obras básicas do Espiritismo. Este livro de exceção apresenta, com efeito, os princípios do ensino dos Espíritos a respeito da imortalidade da alma, da natureza dos próprios Espíritos e das suas relações com os homens, das leis morais, da vida presente e do futuro da humanidade. 


Nesta obra, a personalidade dividida de Dorian Gray é representada por uma inversão misteriosa da ordem natural, através da qual a sua verdadeira face conserva a juventude inviolada enquanto o retrato é macerado pelo passar dos anos, até ao dia em que a faca cravada na tela reconduz à arte a sua serenidade impassível e ao ser vivo a sua transição para a morte....









A poesia para a infância de forma divertida e educativa. Imperdivél para alunos, pais e professores....

















Esta é uma obra poética onde se evoca e se lamenta a celeridade com que a vida e as coisas se esgotam - “Temo o cansei-me de esperar, esse cair vertical das folhas”. É também um louvor ao amor e ao nevoeiro envolvente, daí a não sobriedade enaltecida pelo próprio título do livro - “o amor é óleo de palma, derrapo e não desmaio, e aqui jaz aniquilado!”....






e muito mais em Editorial Estampa


image004.jpg image003.jpg image006.jpg